Novidades sobre a atuação das nanopartículas no tratamento do câncer

Por Docmedia

9 novembro 2020

Pesquisadores da Universidade Johns Hopkins publicaram artigo com descobertas interessantes sobre a atuação de nanopartículas no tratamento do câncer. O objetivo inicial do trabalho era comparar a eficiência de nanopartículas com e sem a adição de uma molécula específica para direcionamento ativo para o tumor.

O estudo testou ambos os métodos em seis modelos de câncer de mama, sendo cinco linhas de células de câncer humano e um de camundongo com três variantes do sistema imunológico. Foi descoberto que as nanopartículas revestidas com trastuzumabe, um medicamento que tem como alvo as células cancerígenas positivas para o receptor do fator de crescimento epidérmico humano 2 (HER2), foram melhor retidas (de 2 a 5 vezes) nos tumores do que nanopartículas simples, mesmo nos tumores que não expressavam HER2.

Quer saber mais?

Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.

Baixe aqui AppStore

Baixe aqui Google Play

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas