Relação do fibrinogênio com a patogênese do linfoma no sistema nervoso central

Por Docmedia

6 abril 2021

Os linfomas do sistema nervoso central (SNC) são tumores de células B não-Hodgkin que se desenvolvem no cérebro ou na medula espinhal. Estudos anteriores já sugeriram que o surgimento desses tumores pode estar relacionado com o surgimento de falhas na barreira hematoencefálica (BHE), no entanto o processo molecular envolvido no fenômeno ainda não foi elucidado.

Agora, pesquisadores do Instituto Gladstone utilizaram evidências em pacientes humanos e modelos murinos de linfomas SNC para investigar a patogênese da doença.

Foi descoberto que o fibrinogênio sanguíneo parece ser uma proteína chave no direcionamento das células cancerígenas até locais de falha da BHE e que futuras terapias visando essa função específica do fibrinogênio podem vir a ser úteis no tratamento da doença.

Quer saber mais?

Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.

Baixe aqui AppStore

Baixe aqui Google Play

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas