Droga para doenças genéticas raras é reposicionada com sucesso contra herpes

Por Docmedia

8 janeiro 2021

Estudos comprovam que o vírus herpes simplex (HSV) já infectava hominídeos antes do surgimento do Homo sapiens. Mesmo com todo esse tempo de convivência, a infecção herpética continua um problema de saúde relevante.

Embora a maioria das infecções por HSV-1 e HSV-2 seja de leve a moderada, com raros casos graves, a escassez de drogas para tratamento é um fator limitante. Nesse contexto, o aciclovir (ACV) é a terapia padrão para os herpes vírus, mas sua utilização não é isenta de efeitos colaterais. Dignos de nota, o prejuízo e até mesmo a insuficiência da função renal com o uso prolongado ou em altas doses. Sendo assim, a identificação de drogas eficazes contra a doença permanece extremamente necessária.

Nesse contexto, pesquisadores da Universidade de Illinois (Chicago) descobriram que uma droga aprovada para o tratamento de distúrbios genéticos do ciclo da ureia mostra eficácia semelhante ao aciclovir contra HSV-1 e HSV-2. O estudo de um mecanismo utilizado pelo HSV para sua replicação sugeriu a utilização deste fármaco, que nos testes in vitro e in vivo, mostrou eficácia contra o HSV contra o HSV semelhante ao ACV.

Quer saber mais?

Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.

Baixe aqui AppStore

Baixe aqui Google Play

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas