Dieta mediterrânea relacionada a menor progressão do câncer de próstata

Por Docmedia

23 fevereiro 2021

Após um diagnóstico de câncer, estudos mostram que fatores do estilo de vida, como o exercício físico, podem impactar sua evolução. Nesse contexto, outro fator importante é a alimentação.

Dietas como a tradicional japonesa e a dieta mediterrânea (DM) são associadas com maior longevidade e menor risco de câncer de próstata.

Agora, pesquisadores da Universidade do Texas publicaram estudo sugerindo que homens com câncer de próstata localizado (CPL) que seguem uma dieta convergente com a DM tendem a apresentar curso mais favorável da doença.

O estudo prospectivo com 410 homens com diagnóstico recente de CPL (graus 1 e 2 de Gleason) encontrou associação positiva entre maior adesão à DM e menor evolução da doença, considerada como aumento na pontuação do grupo de grau de Gleason. Segundo a equipe, esses consistentes resultados devem encorajar os pacientes à adoção de uma dieta mais saudável.

Quer saber mais?

Veja esse artigo e mais notícias sobre inovação em Medicina, Odontologia e Farmácia, no nosso app. Lá além de mais conteúdos, você poderá montar a sua biblioteca de artigos para referência. Acesso gratuito.

Baixe aqui AppStore

Baixe aqui Google Play

Total
0
Shares
Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Postagens relacionadas